sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Ontem fiz um novo mapa do teu corpo.












Ontem fiz um novo mapa do teu corpo.


Os pingos de água que caiam do chuveiro ensinaram-me novos caminhos.


Escorriam pelos cabelos, passavam no rosto. Penduravam-se nas pestanas dos teus olhos fechados. Escorregavam desenhando-te a face e acariciavam os lábios da tua boca semi-aberta.


O som do embate da água corrente cantava a lascividade do teu corpo.


O efeito da luz ténue enfeitava-te ao reflectir nas gotículas que se prendiam na pele.


Notei quando levaste as mãos ao cabelo, os lagos que nasceram na curvatura que se criou entre o pescoço e os ombros. Uma queda de água que transbordava e encontrava o caminho até ao peito.


Descobri um novo sinal. Descoberta relevante perante a escassez de monumentos que existe no teu anfractuoso deserto… Saltou por entre os fios de cabelo que se desenlaçaram desnudando o pescoço, revelando mais uma singela onírica miragem.



Invejei os rios que te descia pelas curvas.
Desenhavam as formas… rodopiavam nos seios brincando nos mamilos de onde mergulhavam para o mar a teus pés.



Como te assentava o vestido de água que se ajustava na perfeição em tuas lúbricas ancas.

Molhava-te a barriga que brilhava na descida para o celeste oásis do teu deserto encharcado.

As gotículas que se prendiam foram-se juntando em rasgos de água que se esvaíam pelas coxas, desciam as pernas e suavemente te desciam aos pés onde se despediam de uma viagem divina.




Fotografei todas as paisagens e acidentes naturais na mente. A cada pestanejar, um flash


Fiz um Atlas do teu corpo que preservo, guardado em destaque numa mesa de cristal.



By Moon_T

7 comentários:

Peach disse...

a lingua e os dedos encontram sempre novos caminhos no corpo do outro... percursos inolvidáveis, sofridos e prazeirosos. Avança.

As tuas palavras doem de tanta intensidade. embora nem sempre deixe aqui o meu grito... leio-te sempre.

beijos

Freyja disse...

Caro Moon_T,


Belíssima descrição. Quase, se não for indiscrição, que senti o molhado e o teu fervente pensamento.

Bons Banhos!
;)


Melhores Cumprimentos,

secrets in me disse...

...ladeado pelo caminho do Olhar e e o plano do trajecto para o Coração, aquecidos suavemente pela vela encandescente do Amor!

beijo

Som do Silêncio disse...

Sublime!
Não posso dizer mais nada...

Bjs,
Som

Gabrielle disse...

magnífico!!!

(pq o encanto a que me sujeitei ao ler-te, me deixou sem palavras...)

beijo

An Ambush of Ghosts disse...

Excelente banda sonora.

ivone disse...

não gosto de mapas. nunca gostei.

sinto_me ainda mais perdida...

Also...

Disclaimer: All images, unless otherwise noted, were taken from the Internet and are assumed to be in the public domain.In the event that there is still a problem or error with copyrighted material, the break of the copyright is unintentional and noncommercial and the material will be removed immediately upon presented proof.