terça-feira, 16 de setembro de 2008

sms

Há alturas em que nos perdemos de nós mesmos.
Nada voluntário ou consciente. Nada de perdoável é certo.
Situações que fomentamos ou permitimos que se dêem sem notarmos na altura de que é um erro.
Certo é que o fazemos e quando constatamos o que se fez, ao olhar para trás, nem nos reconhecemos.
O arrependimento é inevitável.
O perdão é impossível, ainda mais para nós próprios.
A dor é realmente imensa. Dói ainda mais saber que , com estas mesmas acções, desiludimos quem importa e desiludi-mo-nos a nós próprios. Algo impossível de descrever.
A retrospecção revela-se dolorosamente repugnante.
O
pungimento é efectivamente inevitável.
Serve para abrir os olhos e aprender.
Reforça um sentimento, que embora desprezado, agora, é mais afincado que nunca.
A própria desilusão pessoal é devastadora.
Lamentável.

A todos os planos sinto abertura para partilhar, experimentar, viver.
Feri o meu próprio orgulho… feri quem não merece.

Agora, de olhos abertos, sei quem não sou… e não me reconheço em certos actos. Aprendo com os erros, embora por vezes tarde.
Sou merecedor da confiança que menosprezei. Sei disso.
Não quero recomeçar nada, apenas continuar, com a certeza que se aprende pelo caminho.
Sem confiança não há nada. E, por mim, há tudo! Sei disso mais que nunca.

Supero os meus próprios instintos inconscientes de quem ama, vou tentando lidar com amizades afectivas de passados e alcunhas. Fecho os olhos em confiança (e custa). Admito que há uma óbvia empatia pessoal que sobrepõe todos os factores negativos mas, sou humano, nessa qualidade, sinto.
Sinto-te.



[Paixão]
Confio em mim tanto quanto em ti. Como humanos, aprendemos.
Sinto falta da mão no meu peito, da carícia morna, do cheiro… de ti.





Por mim...


9 comentários:

João C. Santos disse...

Acabadinho de nascer....

ele tem frio.

Mais nu? Impossivel!!!

Não te imaginava tão feio...
Este mundo é mesmo mau...
...

Luxúria vs Tentação disse...

Hoje... quase me perdi nas tuas palavras!
Já volto.


Um beijo.
Tentação

Pearl disse...

"Não quero recomeçar nada apenas continuar..."

Para mim é a frase que quero levar daqui comigo hoje!

Nos erros morremos depois dos renascemos!

beijo

Attitude Problem disse...

Um seguiu... e o outro?!


Beijo. Meu.

Bia disse...

" Confio em mim tanto quanto em ti. Como humanos, aprendemos." - Existirá maior declaração ?!?

Lindooo


miminhos.... atrevidos!

Freyja disse...

Caro Moon_T,

Hoje deixo-te aqui o meu silêncio introspectivo.

Shadow disse...

Já te disse uma ou duas vezes, mas ok, vou repetir-me.
És fantástico no que escreves.

Bjs,
Shadow

mnemosyne disse...

...
refazer o passo...

Baraújo disse...

"Confio em mim tanto quanto em ti."

não se pode resumir tudo nesta simples frase... mas é extraordinariamente fantabulástica... que me petrificou posso revelar...

abraço

Also...

Disclaimer: All images, unless otherwise noted, were taken from the Internet and are assumed to be in the public domain.In the event that there is still a problem or error with copyrighted material, the break of the copyright is unintentional and noncommercial and the material will be removed immediately upon presented proof.