terça-feira, 16 de setembro de 2008

lado errado do espelho







os meus dias desfazem-se em poeira

cabeça pesada de pensamentos seguros

triste e desiludido com a propria sombra

perder a noçao de quem se é...

é asustador.



ardem-me os olhos das lagrimas que se infiltram

escorre-me o nariz nem sei porquê.



não consigo dormir

falta-me a voz ao ouvido

a mão no meu peito que tanto me aquece



senti o vidro separar o meu corpo do teu

senti ver-te desvanecer no reflexo de um qualquer ser
que não era eu.

não há reflexo que comande a imagem



tento encontrar equilíbrio

na repulsa que sinto do meu reflexo...baço...sujo



apesar de turvo

vislumbro a tua imagem do outro lado

triste por estar do lado errado do espelho


não sei como fui parar ao outro lado
sei apenas que esta dimensão não é minha

desprezo e repudio qualquer semelhança com a realidade


baixei a cabeça em vergonha

com as lágrimas limpo o vidro

na esperança, ainda, de te alcançar

sem nunca partir





...


By Moon_T

6 comentários:

Attitude Problem disse...

Será momento para gritar?!
Liberta-te... na mminha voz que não conheces, na minha mão que não sentes, mas está lá... Puxa-me e grita! ;))


Beijo. Meu.

Luxúria vs Tentação disse...

Deste lado do espelho estamos NÓS, quebra-o sem medo de cortes e entra...és sempre bem vindo!

beijo nosso

Luxúria

Pearl disse...

E já nem nós somos, somos o reflexo do refelxo daquilo que já fomos...

Beijo

moksha disse...

n fomos, n somos nem nunca seremos o reflexo q nos apresenta o espelho... qd nos vemos, iluminamos apenas o que queremos ver e deixamos q a luz ofusque o q n queremos constactar, mesmo ao olhos do mais cego trausente... apenas a dor nos retrata na perfeição,a dor do constatar q n somos aquilo q queremos acreditar q somos mas o q somos na nossa verdadeira essencia... e é por ela q no final nos moldamos...e nos dilata um pouco mais a pupila e diminui um pouco mais a intensidade da luz... venia a ti caro antípoda

João C. Santos disse...

O erro, a verdade e a consequência.

Já sentes as três fases na carne...

"baixei a cabeça em vergonha"

a vergonha é o primeiro sentido do verso amor, só sabe quem sente, so fala quem sabe...

O erro existe e todo o pecado acontece, perdoa quem ama, e quer quem deseja, se fosse assim nada acontecia.

Esquecidos os momentos, renovam-se as palavras que desta e em vez aconteça a verdade e se unam os corpos nas mentes perdoadas.

Tu sabes.

Até breve com um prato de salgadinhos... upsss

Gabrielle disse...

"não há reflexo que comande a imagem"
aqui resumes a essência do grito...

beijo

Also...

Disclaimer: All images, unless otherwise noted, were taken from the Internet and are assumed to be in the public domain.In the event that there is still a problem or error with copyrighted material, the break of the copyright is unintentional and noncommercial and the material will be removed immediately upon presented proof.