sábado, 23 de agosto de 2008

Pela janela e sobre a mesa






Inerte,


Olho pela janela inexistente onde te vejo



A ténue luz que te ilumina


permite-me somente espreitar as tuas formas,


as que não toco


que não sinto


percorre a delicada luz artificial


os teus ombros,


os teus lábios


em vez de meus dedos,


Simplesmente


Iluminam.


calor artificial que paira no ar


em vez do bafo quente e sôfrego da minha boca


.

Cabelo molhado


que há-de secar sem o meu toque


Sem a minha pele sentir a agua que passa de ti para mim



Pela janela


Sem luz


Sem toque


Sem nada



Diriam as más línguas que seriam contratempos,


Abrem a janela mas fecham as persianas…


Como justo infiel que sou


chamaria-lhe Destino


(caso acreditasse nele)


Todo o tempo do Mundo para quê, se simplesmente escorre pelos dedos ?



Uma farta refeição


Numa linda mesa


Maravilhosamente confeccionada


Só para regalo da vista


E dos olhos esfomeados


Derreteram as velas dos castiçais sobrepostos na mesa


Borraram a toalha de cetim


Arrefeceu a comida


Derreteu o gelo


Azedou o vinho




(alguém que “levante” a mesa que já me dói a barriga)






By Moon_T


9 comentários:

Shadow disse...

És fantástico a escrever.

Bjs,
Shadow

Peach disse...

Sensualissimo. adoro aquele veludo vermelho da imagem.

tens uma "coisita" no meu blog.. espero que não te importes e gostes.
***

Shadow disse...

:)
Moon!

Não, não é exagerado, é sentido e para mim verdadeiro!

Um beijo,
Shadow

Peach disse...

Bem eu venho dizer o mm que a shadow.

Não agradeças porque foi sentido.
É bom encontrar blogs em que os autores conseguem (e não se envergonham) transmitir toda a sua intensidade..a paixão, a raiva com tal generosidade. Não percas essa força.
Tive pena não ler o teu blog todo, mas vou fazê-lo sem dúvida.Algo me diz que ainda vou tirar mais umas lindissimas frases para a segunda ou terceira parte. espero que não te importes.

beijo :)

Luxúria vs Tentação disse...

Muito bem degustado!!

beijos nossos!!

Luxúria

Pearl disse...

Estive sentada a ver-te na sombra...muito bom...sente-se o ambiente o calor artificial...

Adorei Moon_T

Beijinho

ivone disse...

é.

por vezes acontece o pior. indigestão.

e a espera já não é espera só se desespera. nem refeição nem mesa sem cetim azeda_se_me o festim de mim!

Laura disse...

Belo, masculino e intenso.
O ambiente aqui é nocturno, a foto é belíssima, e tu, aí desse lado, tens uma alma ....

Beijos de madrugada

dark_wings disse...

Adoro a intensidade com que ecreves e com que me fazes visualizar o ambeinte que descreves!

Infelimente muitos de nos temos de nos limitar a visualizar luzes artificiais!

Keep on

Also...

Disclaimer: All images, unless otherwise noted, were taken from the Internet and are assumed to be in the public domain.In the event that there is still a problem or error with copyrighted material, the break of the copyright is unintentional and noncommercial and the material will be removed immediately upon presented proof.