domingo, 3 de agosto de 2008

Numa qualquer cadeira








Sento-me…




Perco-me em monólogos mudos numa qualquer mesa de uma esplanada qualquer.




Soltam-se fumos da chávena cheia diante de mim.


Arrefece o café enquanto batem os dedos redondos no tampo ao som de uma música surda

tocada pela orquestra que, simplesmente, não há.



Morre-me o cigarro aos poucos na mão.


A cadeira vazia ao meu lado confidencia -me a tua distância. Puxa-me para a realidade de hoje.



O vento folheia o jornal que relata noticias de tudo menos de ti.



O telefone não toca. As horas não passam.



Venha uma lua nova que me devolva a ti.

Não me leve o silêncio no esquecimento.







A chávena agora vazia continua a arrefecer. Abraço-a na tentativa fútil de prender o calor, mas este foge.



Aquecem as mãos numa qualquer chávena enquanto não aquecem em ti. Mas a chávena arrefece…













Nem te vi partir… volta depressa.

















By Moon_T

8 comentários:

Liliana disse...

lindo...

quem assim espera, parece-me que tem a melhor razão do mundo para esperar...

:)

bjos*

dark_wings disse...

voltei!era impossivel não o fazer!

Disseste tudo!Descreveste a maioria da minha semana numa qualquer esplanada onde me vou refugiar de estar em casa á espera... e sento-me a ler até que o livro deixa de ter sentido e começo a divagar pelas palavras lá escritas e a juntá-las aleatoriamente enquanto espero!

Gostei!

Keep on

vita disse...

Lindo!
Emocionaste-me.;)

Beijoo

Peach disse...

Tremendamente romantico e avassaladora a tua escrita.
Paixão e dor, andam sempre de mãos dadas.

Obrigada pela tua visita.
Adorei o teu blog.Vou voltar, garantidamente.

beijo *

.*.Magia.*. disse...

Quem sabe, esses momentos esquecidos em que nos perdemos de nós e á distância nos encontramos no outro não são os momentos em que mais intensamente amamos...
Quem sabe...

Beijo

Marla disse...

E o tempo que não passa, quando se espera alguém...

Som do Silêncio disse...

Moon T

Mais uma pérola no meio deste teu mar de fantásticos textos!

Beijo terno

Moon_T disse...

Liliana.
caso nao houvesse razão, nunca a chavena ficava cheia tanto tempo...

:)


...

dark_wings.
Bv

espero que , pelo menos, nessa esplanada, te sirvam um bom cafe.
que as palavras que juntas aleatoriamente façam com que a espera tenha sentido.

ainda bem que gostaste.

i'll try



...

vita.
obrigado

...


Peach.
Paixão e Dor...
às vezes doi, mas compensa com a paixão.
Enquanto compensar eu espero... :)

igualmente, sem duvida
volta sempre

...

Magia.
bemvinda

Quem sabe...?
Desconfio...

;)


...

Marla.
Parece uma eternidade...


...

Som do Silencio.

Obrigado!
hoje o mar está mais calmo...








obrigado a Todos

Also...

Disclaimer: All images, unless otherwise noted, were taken from the Internet and are assumed to be in the public domain.In the event that there is still a problem or error with copyrighted material, the break of the copyright is unintentional and noncommercial and the material will be removed immediately upon presented proof.